Florbetabeno (18 F) – radiofármaco para auxiliar o diagnóstico da Doença de Alzheimer


Em abril de 2022 realizamos a primeira produção e entrega de pedidos comerciais do Florbetabeno (18 F) no Brasil.

Fruto da nossa Parceria com o Instituto do Cérebro da PUC do RS (InsCer) e a Life Molecular Imaging, e com apoio da FINEP/MCTI, essa produção é para o Brasil um importante marco para a Medicina Nuclear no diagnóstico da Doença de Alzheimer.

Neste começo de produção, o Florbetabeno (18 F) será produzido uma vez por semana, às terças-feiras, e distribuído a partir do Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul (InsCer – PUCRS), localizado na cidade de Porto Alegre.

A R2IBF mantém seu compromisso de buscar, em breve, produzir o Florbetabeno (18 F) também em suas plantas próprias para que possamos levar o fornecimento deste radiofármaco a diversas cidades do país.

Agradecemos todos que apoiaram desde o início este Projeto, em especial, aos Médicos dos Hospitais parceiros dos Estudos Clínicos, toda equipe da Radiofarmácia e Medicina Nuclear do InsCer – PUC/RS, o Time da Life Molecular Imaging, a Equipe da Finep – Inovação e Pesquisa – MCTI, Dr Vasko Kramer e todos demais comprometidos com o sucesso do Projeto.

A R2IBF destaca a importância dos investimentos que vem realizando e também o orgulho de seu Time de P&D&I que trabalha com afinco e dedicação diária pela Medicina Nuclear no Brasil.


#aquitemfinep

#orgulhoR2IBF #r2ibf #humanizacao #deteccaoprecoce #nuclearmedicine #radiofarmacos #medicinanuclear #orgulhodepertencer #INSCER #florbetabeno


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo